sáb., 20 de fev. | Curso de Cura Energética dos Ancestrais

Zoom - CURSO da Cura Energética dos Ancestrais

Inspirados pelo embriologista alemão Hans Driesch, os renomados cientistas Alexander Gurwitsch (São Petesburgo) e Paul Weiss (Viena) demonstraram que a explicação da biologia clássica baseada na transmissão genética não é suficiente para explicar a evolução da vida;
A inscrição está fechada
Zoom - CURSO da Cura Energética dos Ancestrais

Horário e local

20 de fev. 13:00 BRT – 27 de fev. 20:00 BRT
Curso de Cura Energética dos Ancestrais

Sobre o evento

Inspirados pelo embriologista alemão Hans Driesch, os renomados cientistas Alexander Gurwitsch (São Petesburgo) e Paul Weiss (Viena) demonstraram que a explicação da biologia clássica baseada na transmissão genética não é suficiente para explicar a evolução da vida; eles integraram a teoria dos campos de força, chamando a atenção para a existência de outros campos, assim como da gravitação e do eletro magnetismo.O embriologista britânico C. H.Waddington, da Universidade de Edinburgo, empregou o termo “creode” para dar significado ao caminho evolutivo direcionado a uma meta. Ele explica que essa meta é um atrator que permite informação e energia convergirem e isso, por sua vez, cria a sua manifestação ou materialização.Foi nessa época que iniciou o trabalho de Rupert Sheldrake de estudar, elaborar e ampliar a idéia do campo morfogenético, estendendo-o da biologia para muitas outras áreas incluindo Interação Social, Economia e Psicologia, e propôs que esses fenômenos sejam referidos como campos mórficos.Assim como a física quântica descobriu como e por que as ondas e partículas se movimentam, a biologia quântica estuda o que move o comportamento de plantas, animais e seres humanos.Este é o ramo mais novo da ciência,e comprova que a carga genética que influencia os seres vivos não é material e sim energética, e não está nos genes –está contida em um campo denominado campo morfogenético.É devido a essa influência que muitas vezes não superamos problemas de saúde, de relacionamentos e de finanças.Por maisque uma pessoa queira melhorias nesses aspectos da vida, nada vai mudar enquanto ela continuar seguindo o que está gravado em seu campo morfogenético.O biólogo inglês Rupert Sheldrake descobriu o campo morfogenético em experimentos de laboratório e provou sua existência de forma simples quando adestrou um grupo de ratos em Londres para agirem decerta forma. Instantaneamente, ratos da mesma espécie em várias localidades do mundo exibiram o mesmo comportamento sem qualquer tipo de contato com os ratos de Londres. A repetição do comportamento ocorreu por ressonância do campo morfogenético.“Um campo morfogenético leva informações através do espaço e do tempo sem perder a intensidade.Ele influencia a formação de moléculas, pessoas, sociedades e galáxias, pois age sobre a matéria levando a um resultado repetitivo. Assim, o campo morfogenético de cada ser humano é composto pelo que foi vivido por seus antepassados”, diz Sheldrake.É o que hoje se conhece como campo ancestral. E por que ele influencia a nossa vida? Porque o campo ancestral determina nossos padrões.Muitas vezes as questões que enfrentamos estão enraizadas nele e passamos a vida repetindo tais paradigmas

Ingressos
Preço
Qtd
Total
  • Curso Cura Ancestrais
    R$333
    + taxa de serviço de R$8.33
    R$333
    + taxa de serviço de R$8.33
    0
    R$0
TotalR$0

Compartilhe esse evento